União da Ilha apresenta "Una bella storia"

IracemaIracema

Por Iracema Pamplona Genecco - janeiro de 2012

A Escola de Samba União da Ilha da Magia entra na Passarela Nego Quirido, neste Carnaval em Florianópolis, para contar Una Bella Storia. O enredo, apresentado pela UIM em 2011, faz uma homenagem aos 150 anos da imigração italiana no Brasil, comemorados no ano passado. A verde e branco vai mostrar na avenida, com fantasias e belos carros alegóricos, vários pontos da história da Itália e da integração entre italianos e brasileiros.

A União Ilha da Magia (carinhosamente chamada de UIM) trabalhou durante um ano inteiro e manteve ritmo acelerado especialmente nos últimos seis meses. Mais de 100 pessoas se uniram nesse esforço concentrado com objetivo duplo: contar Una Bella Storia na passarela Nego Quirido no próximo dia 18 de fevereiro e repetir o feito de 2011, quando a jovem escola foi campeã do Carnaval de Florianópolis. “Estamos felizes, cansados, mas felizes”, comenta o Diretor de Carnaval Joel Costa Júnior, falando sobre a oportunidade de homenagear a Itália e os 150 anos de imigração italiana no Brasil.

- A escola está super feliz com o tema, com a oportunidade de falar sobre esse momento da Itália no Brasil, e isso a gente vai repassar para a avenida com muita garra, muita disposição,Iracema entrevista Joel, Diretor de Carnaval da UIMIracema entrevista Joel, Diretor de Carnaval da UIM muita beleza, enfatiza Joel. Responsável pela logística de tudo que se refere ao desfile, o diretor afirma que “a escola vem representando muito bem esse país, essa união desses dois povos”.

O entusiasmo em representar Una Bella Storia, segundo Joel, tem a ver com “a forte ligação da Itália com o Brasil desde a época das grandes imigrações e da quantidade de italianos fazendo parte da nossa história”. Ele acrescenta: “se a gente for pensar que 70% de todo o patrimônio cultural mundial pertence à Itália, já dá pra ter noção da riqueza e da importância do tema pra escola”. Para o diretor, isso é “fantástico, e mais fantástico ainda é estar contando tudo na avenida em forma de carnaval”.

A idéia, segundo o diretor da UIM, é “fazer um carnaval diferenciado, para a escola ser novamente campeã”. Defender o título – diz Joel – é sempre mais complicado, a escola tá num crescente muito bom, nós estamos aí já pelo quarto ano e defendendo o título, que é uma situação mais difícil”. A UIM foi a primeira escola a divulgar, em 2011, a sinopse do seu enredo e conseguiu também obter aprovação no Ministério da Cultura para captar verbas pela Lei Rouanet.

Além de recursos próprios, dos incentivos estaduais e municipais, da venda de fantasias e de patrocinadores, a escola conta com a possibilidade de receber uma participação financeira por parte do governo italiano. Segundo Joel, os custos são elevados, “ainda mais falando da Itália, a gente não pode representar isso tudo com um carnaval pobre em material e em idéias”.
Os preparativos da UIM envolvem equipes responsáveis pelas fantasias e pelas alegorias, mais a Fábrica do Carnaval, núcleo de todo o processo de decoração, onde estão sendo finalizados os carros alegóricos. Joel fala sobre esses projetos e, sem “entregar o jogo” antes do desfile, assegura que a escola vai causar surpresa na avenida, pois levará carros alegóricos com muito movimento.

Os trabalhos de articulação para os movimentos são elaborados por equipe de Parintins. “Ferragens, movimentos”, segundo Joel, “tudo é tecnologia de Parintins, com mão-de-obra especializada; nós contratamos, eles vêm passar aqui esses quatro meses antes do carnaval para fazer esses trabalhos”.

A União da Ilha da Magia vai ser a última escola a entrar na avenida, depois da apresentação da Unidos da Coloninha, que abre o desfile, seguindo-se Consulado do Samba, Embaixada Copa Lord e Protegidos da Princesa. Durante seu show, primeiro surge o carro abre-alas “Saturnália”, abrindo o desfile da escola, depois entram “Cruzadas Medievais” e, no final, o carro “Carnaval de Veneza”.
- Nós iremos terminal o desfile com o Carnaval de Veneza que é o que você ta vendo aí, diz o diretor de Carnaval da escola. “Essa riqueza, esse luxo, esses detalhes.

Clique nas fotos para ampliá-las

Samba-enredo

Una bella Storia, com enredo de Lucas Pinto e André Rodrigues, tem como tema a imigração italiana presente no Brasil há 150 anos, evento que foi marcado por comemorações em ambos os países em 2011. A inspiração remete às raízes da cultura ocidental, na Roma antiga, seus deuses e suas grandes festas populares como as Saturnálias. O samba-enredo é dos compositores Sequinho do Cavaco e Douglas da UIM.
Tudo é contado por Polichinelo, que vai lembrando períodos e acontecimentos marcantes, como a Idade Média, seguida pelo renascer das artes, o humanismo e a descoberta do Novo Mundo. O Brasil surge como esperança para muitos italianos atraídos pela promessa de dias melhores, visto que a Europa passava por dificuldades. A alegria do Carnaval de Veneza também é lembrada.

Fantasias e ensaios

Saturnálias, Madrigais Renascentistas e Veneza são alguns dos motivos das fantasias que serão usadas pelos foliões que vão desfilar nas diversas alas da escola União da Ilha. Até o momento, grande parte já havia sido vendida antecipadamente, restando apenas poucas opções disponíveis (na internet, www.uniaodailhadamagia.com).
No último dia 28, foi realizado o primeiro ensaio técnico da escola na Passarela do Samba, para onde a UIM levou cerca de 2000 pessoas, fogos de artifício e chuva de papel picado. O próximo ensaio técnico está marcado para o dia 04 de fevereiro. Os demais ensaios são realizados sempre nas quartas, sextas e aos domingos, na praça Bento Silvério, na Lagoa, a partir das 20h, além dos ensaios gerais na Praça XV, no centro de Florianópolis, conforme calendário divulgado pela Liga das Escolas de Samba.

Breve histórico da escola

A UIM já provou que sabe fazer sua própria história e está trabalhando para conquistar o bi-campeonato em 2012 com o enredo Una Bella Storia.
Campeã em 2011 com o enredo “Cuba sim! Em nome da verdade“, a escola tem suas origens ligadas à Banda da Lagoa, criada, em 1993, por um grupo de amigos. Em 1995, já com mais integrantes, a bateria (verdadeiro coração que pulsa em qualquer escola de samba) começou a fazer sucesso, sendo criada a Bateria Show União da Ilha da Magia.
Essa Bateria Show deu lugar, posteriormente, ao Bloco Carnavalesco União da Ilha da Magia, fundado em 2000, com o qual a UIM conquistou três títulos consecutivos. Em 2008, é criado o Grêmio Recreativo Cultural Escola de Samba União da Ilha da Magia, que já estreou em fevereiro de 2009, com “A Lagoa dos meus sonhos” em homenagem às suas origens. Seu primeiro desfile rendeu um 4º. Lugar. No ano seguinte, o enredo “A Magia dos Deuses” deu à escola o vice-campeonato para, finalmente, em 2011, já conquistar seu primeiro título de campeã.









italiano

Back to top