Derlei Catarina De Luca


Derlei nasceu em Içara, SC, em 1946. Estudou na UFSC e na Universidade do Oriente, em Cuba. Fundou e coordena o Comitê Catarinense Pró Memória dos Mortos e Desaparecidos Políticos. Militante do grupo Tortura Nunca Mais. Ocupa a cadeira n. 1 da Academia Criciumense de Letras. Trabalhou durante 25 anos na APAE de Içara. Em 2001 recebeu da Assembléia Legislativa do Estado, a medalha Antonieta de Barros. Foi professora em vários colégios no sul do estado catarinense. É secretária do Comitato Veneto de SC, e do Fórum Permanente Ítalo-Brasileiro da ALESC.
Livros publicados:
Os Jasmins do Jardin de Paolo,
Á sombra da Figueira,
No corpo e na alma,
Içara - História e Geografia
, livro didático para o ensino fundamental.

"...Durante a ditatura militar, Derlei palmilhou experiências que poucas pessoas tiveram ocasião de vivenciar. Estudou, preparou comiciós, organizou manifestações, amou, lutou, foi presa, torturada, sobreviveu física, moral e politicamente. Exilou-se em Cuba e sentiu o imenso carinho dos cubanos pelo Che, criou seu filho, voltou ao Brasil e aí está, de corpo inteiro, por dentro e por fora....

Marcílio Krieger, advogado
Militante da Ação Popular
Florianópolis, agosto 2002"

Documentário: Derlei, un'altra memoria veneta
Produção: Luci nel mondo
Contribução: Regione Veneto

Back to top