ONG – Cooperação e Cidadania Don Lorenzo Guetti

Espaço gerenciado pela ONG Don Guetti, responsável pelo conteúdo desta página

A sigla ONG surgiu após a Segunda Guerra Mundial para designar organizações supranacionais e internacionais que não foram estabelecidas por acordos governamentais.
Don GuettiDon GuettiNo Brasil, a expressão começou a ser conhecida nas décadas de 70 e 80 e relacionadas a um universo de organizações que surgiram para apoiar movimentos sociais e associações populares e de base comunitária, com objetivos de promover a conscientização para a cidadania, a defesa de direitos e luta pela democracia política e social.
Segundo palavras do reconhecido humanista Herbert de Souza (Betinho) “uma ONG se define por sua positividade política: uma entidade sem finalidades econômica com objetivo fundamental de desenvolver uma sociedade democrática, ou seja, uma sociedade fundada nos valores da democracia – igualdade, liberdade, diversidade, participação e solidariedade. Estas organizações são verdadeiros comitês de cidadania que surgiram para ajudar a construir a sociedade democrática com que todos sonham”.
Fazendo-se uma leitura do ponto de vista jurídico, o termo ONG não se aplica, uma vez que nossa legislação – Novo Código Civil – prevê apenas dois formatos institucionais para a constituição de uma associação sem fins lucrativos: associação civil ou fundação privada. Ou seja, toda ONG é uma associação civil sem finalidade econômica.
É do nosso conhecimento que muitos grupos e movimentos comunitários ou sociais atuam informalmente, sendo positivo enquanto promove o encontro de pessoas, idéias, forças e outros valores pessoais, sem muita expectativa de uma existência muito longa, porém de outro lado deve-se reconhecer que existe, além das vontades individuais, uma vontade coletiva, e isto leva a reconhecer, também, que se deve assumir direitos e obrigações dessa personalidade jurídica coletiva, perante seus integrantes, colaboradores, beneficiários, o Estado e a sociedade em geral.
Portanto, a motivação de uma coletividade para constituir uma ONG é atraída pelo objetivo de contribuir para a construção de um mundo mais justo, solidário e sustentável e os fundadores devem ter compromisso com a causa e consciência do propósito de seus esforços e isto exige dedicação, responsabilidade, profissionalismo e liderança.
Inspirados no altruísmo desta forma de organização social, um grupo de profissionais, praticantes do Associativismo e do Cooperativismo, vinculados aos mais diversos setores de atividades, após algumas trocas de informações e buscas de esclarecimentos, decidiram criar a ONG – Cooperação e Cidadania Don Lorenzo Guetti, em homenagem a um cidadão italiano, com formação religiosa, que viveu na região abrangida pelo território do Império Austro-húngaro em fins do século XIX, época de guerras, conflitos, miséria e toda sorte de dificuldades. Com sua experiência política e sensibilidade humana, mas com muita determinação e persistência, implantou e desenvolveu um projeto com finalidade de organizar as pessoas em torno de objetivos comuns, trabalhando na busca de soluções econômicas para seus problemas sociais. Deste trabalho resultou o que hoje é reconhecido como o modelo Cooperativista mais eficiente, porque é voltado, essencialmente, para servir o homem em suas necessidades e porque está restrito ao território de ação de seus associados, portanto, próximo e junto deles.
Dentro em breve a “Cooperação e Cidadania Don Lorenzo Guetti” estará trabalhando para atender crianças e jovens carentes de oportunidades, atuando nos campos do Cooperativismo, cultura, artes, ofícios, recreação, meio ambiente, formação e treinamento de mão-de-obra, de modo a prepará-los para competirem num mercado cada dia mais exigente e tecnificado.
A ONG – Cooperação e Cidadania Don Lorenzo Guetti terá sua Sede à Rua Caetano Silveira de Matos, nº 2610 – sala 10, em Palhoça – SC.

Back to top